Façamos um exercício simples: o que acontece quando colocamos 51 pessoas (45 adolescentes + 2 professoras +1 professor+2 cruciais pessoas de uma agência de viagens +1 condutor) dentro de um autocarro? O resultado é igual a uma fantástica viagem de finalistas!!! Partimos de Amor pela fresca, que é como quem diz que, depois de não irmos à cama, ou pouco dormir, uns por nervos, outros por ansiedade, outros por responsabilidade, outros sabe-se lá porquê, 🤔🤔 por volta das 4 da matina entrámos num autocarro e... Fomos! Diretos à magnífica Salamanca, com a sua divinal ponte romana, a universidade, o astronauta na fachada da catedral, a bela "plaza maior" e um monumento moderno, com carne prensada, achatada e redondinha, vulgo hamburguer, que começa em M, termina em Donald's e tem um "ac" pelo meio, onde almoçámos, e, após o manjar, lá seguimos. Depois do repasto, rumámos a Madrid, onde, depois de muitas estradas e túneis serpenteantes, aportámos confiantes, alegres e ativos, quiçá cansados, num simpático e confortável hostel. Depois de uma banhoca, e um jantar que agradou a (quase) todos (🤪😁) deambulámos pela linda Madrid e suas ruas e edifícios imponentes. No dia seguinte, depois de uma noite bem dormida (🤔🤫), rumámos ao parque Warner, para um dia de montanhas russas, diversão, medos ultrapassados (ou não, não é nada que nos defina), e muitos dos bonecos da nossa infância. Cansados, mas felizes, adormecemos para, no terceiro dia, visitarmos o Palácio Real. Depois desta experiência única, caminhámos (calmamente, para uns, demais, para outros) pela "Gran Via" usufruindo das vistas, lojas e afins. Compras feitas, o destino era Sevilha, onde chegámos a tempo de ver, ouvir, etc, o jogo da nossa seleção e jantar, um buffet que a todos agradou (certo?!😉). Depois de mais uma noite de descanso (🤔), a Isla Magica esperava por nós, para um dia de... muuuuuuita diversão, e espetáculos fantásticos!! Lá voltámos ao hotel, e no último dia conhecemos a Praça de Espanha, a Catedral, e várias ruas da linda Sevilha. O almoço foi picante, para muitos, "perigoso" para alguns, sereno para a maioria e, depois de recebermos notícias de Cristóvão Colombo, lá entrámos no autocarro para regressar à nossa terra de origem, Amor!!! Desde sirenes ruidosas e estridentes, que nunca esqueceremos, a músicas nunca antes ouvidas, a discursos sentidos e emocionados, muito se viveu nesta viagem de regresso.
A todos vós, finalistas, os que connosco viajaram e aos que não foram, desejamos o melhor do mundo, o melhor do fruto do vosso trabalho e empenho. Como foi dito nestes dias, foi um orgulho acompanhar o vosso crescimento durante cinco voltas ao sol, uns mais anos outros menos, de pequenos saltitantes e reguilas, a adolescentes alegres, bem dispostos, aborrecidos, maldispostos, refilões, felizes, etc... A cada um ser como é. Desejamos ter contribuído para a vossa formação e, acima de tudo, queremos muito que, como disse um professor, quase a chegar a casa, sejam sempre felizes. Obrigado a todos quantos pensaram e programaram esta viagem, a quem ajudou para que tudo fosse possível, aos pais e encarregados de educação, à @tucatulaviagens , com os sempre atentos e inexcedíveis Juan e Sónia, ao sr. Vítor, o nosso motorista, ao CDM e, acima de tudo aos nossos finalistas, que agora ganham asas e seguem o seu caminho!
Sejam felizes, lutem por vós, visitem-nos e até sempre!!! Foi um gosto acompanhar a vossa jornada! ❤️❤️